EDUCAÇÃO NO MUNICÍPIO RECEBE ATENÇÃO ESPECIAL DO PODER LEGISLATIVO

A área de Educação do município é um dos grandes desafios de uma administração municipal, pois, é um dos pilares para a formação de pessoas de bem, e conscientes de seus direitos e deveres enquanto cidadãos, para ajudar a construir uma cidade cada vez melhor para todos. 

Em Morada Nova de Minas, o Presidente da Câmara Municipal, vereador Diney (Caju), tem procurado dispensar uma atenção especial a este setor, diante das ações que vêm sendo tomadas pela Administração Municipal, tendo em vista a grave crise financeira pela qual passa o município. 

Ouvindo o clamor da população, especialmente dos pais de alunos da área rural (Povoado de Vau das Flores e Distrito de Frei Orlando), o Presidente procurou por diversas vezes o Prefeito e a Secretária Municipal de Educação, apresentando sugestões e buscando uma solução que melhor atendesse as necessidades dos alunos, sem prejudicar o bom funcionamento das escolas.  

VISITA À ESCOLA "WALDEMAR ÁLVARES RODRIGUES DE SOUZA"

visitaJuncoNo dia 18/03/2019, o Presidente Diney (Caju), acompanhado do Controlador Interno da Câmara, Sr. Roosenveltt Júnior, fez uma visita à Escola Municipal "Waldemar Álvares Rodrigues de Souza", no Distrito de Frei Orlando, procurando conhecer melhor o funcionamento daquela instituição de ensino. Na ocasião, havia uma reunião da Diretora da Escola, Sra. Elizet Campos, com a Supervisora, Sra. Carla Graciele e os pais dos alunos. O Presidente solicitou permissão para acompanhar a reunião e ouvir a palavra dos presentes. 

Foram tratados os seguintes assuntos:

I - Junção de turmas - Embora essa prática já exista na Escola há alguns anos, a Diretora ressaltou as dificuldades e os desafios de se trabalhar com turmas multiseriadas, tendo em vista os diferentes níveis de aprendizagem dos alunos. Por isso, pediu o apoio dos pais para que acompanhem de perto o desempenho escolar dos filhos, cobrando leitura, verificando os cadernos e assinando os bilhetes enviados pela Escola. Foi questionado durante a reunião ao fato de haver união de três turmas de uma só vez: 1º, 2º e 3º período, fato considerado um grave problema para o aprendizado dos alunos. A Diretora esclareceu que a escola não possui professores suficientes para fazer a separação das turmas e o Município não tem condições de arcar com a contratação de mais professores. Com a palavra, a Supervisora ressaltou que, embora trabalhando com turmas multiseriadas, havia muitos elogios por parte da Escola do Estado referente aos alunos daquele Distrito que ingressam no Ensino Médio. Reforçou também as palavras da Diretora, pedindo aos pais que cobrem com firmeza um compromisso maior de seus filhos com a escola. Finalizando, a Supervisora informou que sua visita à Escola acontece todas as segundas-feiras e se colocou à disposição dos pais para quaisquer esclarecimentos à parte.

II - Problemas estruturais que afetam o ensino - Alguns pais manifestaram indignação, dizendo que a escola do "Junco" está abandonada pela Administração, apontando a situação precária do prédio escolar (janelas e pisos quebrados, quadros se desmanchando, pintura acabada, portas foram doadas pelos moradores do Distrito); e ainda, relataram os boatos de que se pretende transferir a escola para o povoado de Vau das Flores, fato que protestaram veementemente. 

III - Situação das estradas - Os moradores reclamaram também da situação das estradas que dão acesso ao Distrito, alegando que estão em estado crítico, principalmente aquelas que são rotas do transporte escolar, que em período das chuvas causam atoleiros e atrasam a chegada dos alunos à escola. Outro apontamento feito pelos pais, foi a quebra constante dos veículos do transporte escolar, impossibilitando os alunos residentes nas fazendas da região de comparecerem às aulas.

Com a palavra, o Presidente ressaltou que o Legislativo está cumprindo seu papel fiscalizador e sua presença à Escola se devia ao fato de estar extremamente preocupado com os rumos que vêm tomando a Educação do Município. Informou que a Câmara Municipal, durante sua gestão presidencial, estará de portas abertas para ouvir os anseios de toda a comunidade, e que, mesmo depois de deixar a presidência, continuará seu trabalho de vereador, pois sua função é lutar pelos interesses do povo. Finalizando, disse que enviará ofício ao Executivo, buscando respostas e pedindo providências para resolver as questões reclamadas pelos pais e moradores daquele Distrito. Quanto à reforma da Escola, se mostrou empenhado em buscar parcerias para atender a essa necessidade que se mostra visível.